Archive for fevereiro \23\UTC 2009

h1

Encontro de irmãos (?)

02/23/2009
"O único problema no seu visu é esse colete verde..."

"O único problema no seu visu é esse colete verde..."

Só pra não deixar o Oscar passar em branco…

Anúncios
h1

Mudança 1. A procura – Parte 1

02/21/2009

Porque a mudança é (quase) uma arte…

…Mentira. É basicamente um processo árduo, e muitas vezes estressante, em que você tem que comprar ou pegar emprestadas pilhas de jornais (como o de sábado do Estadão, de domingo da Folha, ou Banco de imóveis, isso sem contar quando você encontra jornais específicos do bairro onde você pretende morar, como tem dos arredores da Vila Mariana), visitar quase todos os dias sites de classificados como o zap.com.br, netimoveis.com.br, primeiramao.com.br – e enfrentar a (falta) de organização caótica deles.

Daí você separa todos os anúncios que acha geografica e monetariamente interessantes, provavelmente levando em conta os seguintes itens:

1. se o lugar é razoavelmente decente e não tão ermo (de preferência com estabelecimentos 24h ou com clientela numerica e qualitativamente razoável até altas horas da noite, se tiver que voltar tarde pra casa após a faculdade ou trabalho);
2. nem inóspito (se o apartamento recebe luz e tem janelas decentes, não apenas quadradinhos abertos para o corredor ou para a rua, a fim de receber ventilação e não ter que morar em um lugar com mofo ou cheiro de depósito fechado);
3. nem hostil (para alguns, essa hostilidade pode ser representada por prédios onde a maioria dos moradores são velhinhos que reclamam de barulho de gente viva depois de certo horário da noite, enquanto para outros pode ser por ruas nos arredores cheias de pessoas que você vê e tem medo de que se aproximem de você para assaltá-lo, por exemplo);
4. se é mobiliado ou não (armários ou fogão embutidos eu incluo nesse item) — eu dou preferência a lugares sem mobília, já que nesses anos morando sozinha acabei acumulando alguns móveis e um fogão para levar comigo. Para quem está acabando de sair da casa dos pais para estudar em outra cidade, morar em uma república já montada é uma boa pedida, para não gastar muito com mobílias logo de cara;
5. se no anúncio já citam “área de lazer” ou algo do gênero, mas não informam o valor da taxa de condomínio, prepare-se para uma taxa de 300 reais para cima, além do aluguel;
6. se tem a quantidade de dormitórios que você quer, e se tem cômodos importantes como uma área de serviço que, por incrivel que pareça, não existem em alguns apartamentos;
7. caso você tenha carro, se tem vaga de garagem à disposição, e se você for pedestre, se fica próximo a um metrô ou ponto de ônibus com opções razoáveis de linhas.

Prepare-se então para ligações e mais ligações frustadas, seja descobrindo que o aluguel pedido está muito fora do seu orçamento, seja se lamentando porque aquele apê ou casa do anúncio maravilhoso já foram alugados por outra pessoa mais rápida do que você. E descobrir que o que vale mesmo é bater perna e ir de portaria em portaria perguntando se há algum apartamento vago ou prestes a ficar disponível. Passar em imobiliárias pode ajudar alguns sortudos, mas se eles não tiverem nada na hora, espere sentado se eles disserem que ligam depois, considerando que eles costumam negligenciar locatários em potencial (se comparar com o atendimento dedicado que eles reservam a quem está procurando lugar para comprar). Mas isso é só o começo, ainda…